Sesi/Bauru recebe Osasco para garantir a primeira colocação

By | Uncategorized | No Comments

Nesta quarta-feira (16), às 19h30, o Sesi Vôlei Bauru e Osasco Audax se enfrentam no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru, para definir quem garantirá a primeira colocação da fase classificatória e a vaga direta na semifinal do Campeonato Paulista de Voleibol Feminino.

No momento, o Sesi Vôlei Bauru possui cinco vitórias, em cinco partidas disputadas, somando 15 pontos. A equipe de Osasco está com 13 pontos, com uma vitória a menos. A equipe que terminar na segunda colocação terá que disputar as quartas de final contra o Atacadão Joseense, último colocado na primeira fase, com apenas um ponto conquistado.

Confira a classificação atual

 

1º Sesi Vôlei Bauru – 15 pontos

2º Osasco Audax – 13 pontos

3º E.C. Pinheiros – 12 pontos

4º São Paulo F.C./Barueri – 8 pontos

5º São Cristóvão Saúde/São Caetano – 6 pontos

6º Renata Valinhos Country – 5 pontos

7º Atacadão Joseense – 1 ponto

 

Foto: Divulgação/Sesi Vôlei Bauru

Dani Lins é apresentada pelo Sesi Vôlei Bauru

By | Notícias | No Comments

Nesta terça-feira (07) a levantadora foi apresentada oficialmente como reforço do Sesi Vôlei Bauru para a temporada 2019/2020. Durante a coletiva, a atleta ressaltou o prazer em voltar a defender o Sesi-SP, onde atuou entre 2011 e 2014, e mostrou empolgação e otimismo com o desempenho da equipe na próxima temporada.

“Estou muito feliz de voltar ao Sesi após cinco anos. Agora mais experiente, mãe, mais paciente e mais focada nos objetivos. A expectativa é muito boa para a próxima temporada, pois estão montando um time forte, competitivo e com o objetivo de chegar à final da Superliga. É um grupo muito bom, que mistura juventude com experiência e, por isso, estou com as melhores expectativas e vibrações possíveis. Já fomos muito bem na temporada passada, quando ganhamos o Paulista e chegamos às semifinais da Superliga, mas os objetivos têm de ser maiores a cada nova temporada”, afirmou a campeã olímpica.

 

Créditos: Marcelo Ferrazoli/Assessoria Sesi Vôlei Bauru

 

Dani Lins ainda revelou ter recebido propostas de outros equipes, do Brasil e do exterior, porém a estrutura e a qualidade do elenco do Sesi Vôlei Bauru pesou na decisão da levantadora.

“Prezo muito por uma boa convivência de grupo, com jogadoras de boa índole. E, quando começaram a falar nas jogadoras que pretendiam trazer, considerei que seria muito bom retornar para o Sesi. Além disso, vou estar de casa nova, porque é fora de São Paulo, onde já estou há quase dez anos morando, e será uma experiência boa com a Lara (filha de Dani Lins) morar no interior. Até brinquei que vou morar em uma casa, que era o meu sonho. Então, todos esses fatores se juntaram, como a qualidade do time, a estrutura, que já conheço, a comissão técnica e o grupo de atletas, para que eu me decidisse a vir para cá”, explicou.